Notícia

EDUCAÇÃO

Secretaria de Estado da Educação de Alagoas
Domingo, 12 Novembro 2017 20:34
INTERCÂMBIO

Estudante arapiraquense Beatriz César será Jovem Embaixadora nos EUA

Aluna da Escola Estadual Costa Rego, Beatriz vai vivenciar intercâmbio de três semanas em solo norte-americano

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Beatriz César, aluna da Escola Estadual Costa Rego, vai participar de intercâmbio durante três semanas nos EUA Beatriz César, aluna da Escola Estadual Costa Rego, vai participar de intercâmbio durante três semanas nos EUA Valdir Rocha
Texto de Ana Paula Lins

Aos oito anos de idade, a pequena Beatriz tinha um sonho: conhecer um país de língua inglesa. Essa paixão foi despertada quando, ouvindo uma emissora de rádio, escutou, pela primeira vez, a música ‘Poker Face’, da cantora americana Lady Gaga. Ela não entendia a letra da canção, mas sabia que gostava daquela sonoridade.

Em 2017,a adolescente Beatriz César viu este sonho se tornar realidade: ela vai representar Alagoas como Jovem Embaixadora em um programa de intercâmbio nos Estados Unidos por três semanas, no início de 2018.

Uma iniciativa da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, com o apoio de diversos parceiros – dentre eles as secretarias estaduais de Educação e o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) – o Programa Jovens Embaixadores seleciona estudantes de ensino médio da rede pública para um intercâmbio de 21 dias nos Estados Unidos.

Beatriz César Jovem Senadora por AL foto Valdir Rocha 55 Copia

Além de conhecerem a capital Washington, onde permanecerão quase uma semana, os jovens embaixadores terão a oportunidade de vivenciar a realidade educacional daquele país, seus projetos de voluntariado e conviver com uma família americana.

“Diversos critérios são avaliados na escolha de um Jovem Embaixador. Dentre eles, ter domínio da língua inglesa, ser um líder em sua comunidade, estar engajado em projetos sociais e de voluntariado, ter boas notas e ser aluno da rede publica de ensino. Em Alagoas, 438 jovens se inscreveram no programa”, informa Dileusa Costa, coordenadora do programa em Alagoas.

Sonho realizado - Ainda sem acreditar que seu sonho se tornou real, Beatriz, que é aluna da Escola Estadual Costa Rego, em Arapiraca, diz que sempre contou com o incentivo de sua família e de toda a unidade de ensino para se inscrever no programa.

“Tenho certeza de que será uma experiência incrível, pois gosto muito de viajar, conhecer novas culturas. Ter sido selecionada como Jovem Embaixadora me mostrou que é possível realizar sonhos e despertou em mim o desejo de seguir uma carreira na área de relações internacionais. Aconselho todo estudante da rede pública que goste de inglês e esteja envolvido em ações sociais a participar deste programa, pois vale muito a pena”, afirma Beatriz.

Beatriz César e a professora Girley Ferreira foto Valdir Rocha 80 Copia

Girley Ferreira, professora de Língua de Inglesa, está duplamente feliz: além do orgulho de ver sua estudante escolhida Jovem Embaixadora, ela mesma também foi selecionada para outro intercâmbio, o da Comissão Fullbright. Por meio deste programa, professores da rede pública brasileira terão um curso de seis semanas na Universidade de Miami para o aperfeiçoamento de metodologias de ensino na disciplina.

“É uma satisfação muito grande e, ao mesmo tempo, um privilégio ter colaborado para que Beatriz alcançasse essa conquista. Sou professora de Língua Inglesa há 25 anos e ter a oportunidade de também participar deste intercâmbio da Fullbright é um sonho, estou muito feliz”, declara a educadora.

Ana Maria Silva, diretora da Escola Estadual Costa Rego, fala das conquistas da aluna e da professora da instituição. “Beatriz tem um potencial incrível, é muito estudiosa, focada e luta pelos seus sonhos. Girley é uma excelente professora, querida por todos na escola”, conta.

A gestora lembra ainda que Beatriz é a segunda aluna da instituição a ser escolhida como Jovem Embaixadora em menos de seis anos. Em 2012, a estudante Thaciane Costa viveu a mesma experiência, permanecendo 21 dias entre as cidades de Washington e Seattle.

Imersão -  Mesmo sem viajar para os Estados Unidos, outros três estudantes alagoanos que chegaram à final do processo seletivo estadual participarão de uma outra ação do Programa Jovens Embaixadores: um curso de imersão em Língua Inglesa promovido pela Embaixada dos Estados Unidos, o English Immersion USA Program, onde os alunos se aprofundam no idioma e aprendem mais sobre a cultura americana.

“Serão dois alunos do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), campi Penedo e Palmeira dos Índios, e um da Escola Estadual Princesa Isabel”, adianta Dileusa Costa.