Notícia

EDUCAÇÃO

Secretaria de Estado da Educação de Alagoas
Quinta, 22 Novembro 2018 12:28
ENCONTRO ESTUDANTIL

Humanização e empreendedorismo mostram a criatividade dos estudantes da rede estadual

Encontro de Grêmios e Arena da Cultura Empreendedora aconteceu no 3º dia do Encontro Estudantil

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Encontro de Grêmios e Arena da Cultura Empreendedora Encontro de Grêmios e Arena da Cultura Empreendedora José Demétrio
Texto de Texto de Ana Carolina Lima

Dando continuidade às atividades da terceira edição do Encontro Estudantil, o Cepa recebeu nesta quarta-feira (21) o Encontro de Grêmios das escolas estaduais e a Arena da Cultura Empreendedora. Em ambos eventos, a criatividade e empatia dos estudantes foram compartilhadas com os participantes presentes. O Encontro de Grêmios celebrou também alunos de todas as Gerências Regionais de Ensino (Geres) que se destacaram no ano letivo de 2018.

Sob a condução de Dileusa Costa, supervisora de Integração Escola Comunidade, o Encontro de Grêmios contou com a exposição dos trabalhos realizados pelos grêmios estudantis, dentre os quais, ações voltadas às comunidades estudantis e do entorno das escolas.

Solidariedade - Dentre as ações expostas, está a iniciativa dos alunos da Escola Estadual Correia Titara, de Piaçabuçu. Eles apresentaram o projeto “Prato cheio”, no qual arrecadam alimentos, roupas e brinquedos para pessoas necessitadas. Segundo Jonas Neto, vice-presidente do grêmio da unidade, a iniciativa surgiu, inicialmente, para ajudar a família de duas colegas de sala.

Comovido com a situação, Jonas convidou um dos integrantes do grêmio, Jhonaf Neves, para arrecadar alimentos para doar para as colegas. Jhonaf então sugeriu juntar todos os participantes do grêmio para que pudessem conquistar um montante de doação ainda maior. Foi daí que nasceu o projeto.

“O projeto cresceu tanto que firmamos parcerias com ONGs locais e os professores também nos apoiam bastante. Conseguimos expandir também a ação para outras escolas da cidade, como a José Gonçalves e Padre Luiz, ambas municipais. Além deste projeto, o grêmio da Correia Titara realizou outras ações durante o este ano, como a apresentação de palestras durante o Setembro Amarelo”, recorda Jonas Neto.

Além do vice-presidente, estiveram representando o grêmio da unidade escolar os integrantes Jhonaf Neves e Elysmara Ramos. Participam da atual gestão outros seis estudantes. Jonas Neto comemorou também o reconhecimento como um dos alunos destaques deste ano.

Empreendedorismo social - As professoras Elielma Benevides e Ana Célia Lins, do Centro Estadual Professora Wandette Gomes de Castro, trouxeram para a Arena da Cultura Empreendedora o Livro Sensorial. Produzido para provocar uma melhora no desenvolvimento dos alunos do Centro, o objeto ensina de maneira lúdica atividades básicas.

Os alunos do Centro Wandette são pessoas com deficiências (TEA, deficiências intelectuais e motoras) e ações corriqueiras e simples, como o ato de se vestir, tornam-se mais complicadas. De acordo com Elielma, o livro foi concebido com intuito de avaliar o comportamento dos estudantes e observar seu desenvolvimento intelectual.

“Por meio do contato com o Livro Sensorial, é possível desenvolver o raciocínio lógico e a coordenação motora, além de aprender atividades do dia a dia. Nosso plano é expandir ainda mais o projeto. Dentro do Wandette estamos conseguindo atingir nosso objetivo, já é possível notar o quão eficiente o livro é”, relata a professora.

A coordenadora da atividade, Radjane Ferreira, explica que o empreendedorismo passou a ser aplicado nas escolas da rede estadual para que houvesse um olhar inovador, tanto por parte dos professores, quanto por parte dos alunos, ocasionando também um novo formato de aprendizagem.

“A temática do empreendedorismo é trabalhada nas escolas como forma de melhoria social, dando uma chance para que os alunos realizem atividades em prol da educação, da escola na qual estudam e da comunidade onde vivem”, informa Radjane.