Notícia

EDUCAÇÃO

Secretaria de Estado da Educação de Alagoas
Quarta, 05 Dezembro 2018 16:39
MEDALHA SÍLVIO VIANA

Comprometimento, criatividade e superação marcam trajetória de servidores da Educação

José Claudevan Alves de Almeida, Andreia Marques Vilarins, Mirlene Kelly Ferro e Gilmar de Oliveira Silva representarão a Seduc na cerimônia que acontece nesta quarta-feira (5)

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Servidores da Seduc agraciados com a Medalha Silvio Vianna se destacam pelo comprometimento Servidores da Seduc agraciados com a Medalha Silvio Vianna se destacam pelo comprometimento Cortesia
Texto de Ana Paula Lins

Claudevan, Mirlene, Andréia e Gilmar. Separados geograficamente, esses quatro servidores têm em comum não só o fato de serem referência em seus locais de trabalho, mas também de serem apaixonados pelo que fazem e de representarem a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) na cerimônia de premiação da Medalha Sílvio Viana nesta quarta-feira (5). A Medalha Sílvio Viana é a honraria máxima de reconhecimento àqueles que fazem a diferença no serviço público alagoano, e, este ano, a Educação teve o maior número entre os finalistas.

A criatividade sem limites e a proatividade são as marcas do professor José Claudevan Alves de Almeida, que leciona história na Escola Estadual Araújo Dória, no Conjunto Henrique Equelman, em Maceió. Fantasiando-se e incorporando personagens da história, ele faz a alegria dos alunos do ensino fundamental com uma aula interativa, onde a garotada é convidada a embarcar em uma grande aventura no tempo.

Surpreso por ter sido um dos escolhidos para receber a Medalha Sílvio Viana, Claudevan dedica a honraria a todos que acreditam e incentivam o seu trabalho. "Divido essa alegria com meus alunos, meus colegas professores e todos que fazem a Escola Araújo Dória. A eles, o meu muito obrigado", agradece Claudevan.

O comprometimento e a superação fazem a parte da trajetória da agente administrativa Andréia Marques Vilarins, que atua na Escola Estadual Monsenhor Macedo, em Palmeira dos Índios.  Com 17 anos de serviço público, ela é conhecida pela pontualidade, assiduidade e comprometimento. E mesmo com as dificuldades impostas pela paralisia de parte de seus movimentos – devido a uma Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) -, Andreia realiza sua função com maestria.

"Trabalho no atendimento ao público e ser reconhecida com essa honraria é uma conquista não só minha, mas de todos os companheiros que me indicaram. Sou muito grata e me sinto ainda mais estimulada", garante Andréia.

História de amor

A identificação e a preocupação de sempre buscar o melhor para as suas comunidades fazem com que Gilmar de Oliveira Silva e Mirlene Kelly Ferro vivam verdadeiras histórias de amor com as suas escolas.

Diretora adjunta da Escola Estadual Luiz Duarte, em Estrela de Alagoas, Mirlene converteu uma dificuldade em uma grande mobilização pelo bem. Ao perceber que muitos estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) traziam seus filhos para a sala de aula porque não tinham com quem deixá-los, a educadora uniu forças com o grêmio estudantil, o qual se prontificou a cuidar dos filhos dos colegas enquanto estes estudavam. O resultado: mães e pais tranquilos e a escola ainda mais unida.

"Trabalhamos com muito amor e, em nossa escola, todos abraçamos o compromisso por uma educação de qualidade. Nossos gremistas proporcionam atividades recreativas para as crianças e os alunos do noturno nos dão depoimentos belíssimos, pois ter alguém olhando por seus filhos os deixa tranquilo e os estimula a continuar os estudos.Por isso, o meu sentimento é de gratidão", declara Mirlene.

E foi na infância que também começou a história de amor entre o professor de língua portuguesa Gilmar de Oliveira Silva e a Escola Estadual Rocha Cavalcanti, em União dos Palmares. Aos 12 anos, o pequeno Gilmar já dava aulas acompanhando sua mãe professora e, quando chegou, como aluno, à nonagenária instituição de ensino - que formou grande parte dos professores palmarinos -, a paixão só aumentou.

Após concluir seus estudos, Gilmar atuou como professor contratado na escola e, depois, seguiria para o município de Ibateguara, onde foi professor e gestor. No entanto, o imã sentimental que o liga à Escola Rocha Cavalcanti trouxe-o de volta à instituição, desta vez como efetivo. Lá, Gilmar é um profissional comprometido e sempre dá o seu melhor pela comunidade.

Destaques

Além da Medalha Sílvio Viana, Gilmar, Mirlene, Claudevan e Andréia estiveram entre os 32 servidores destaque da Seduc em cerimônia realizada no dia 14 de novembro no Centro de Convenções.

Dentre estes servidores destaque, estava também o fotógrafo José Demétrio. Com 39 anos no Estado - e 37 na Seduc - Demétrio atua no gabinete da Seduc e se diz honrado pelo reconhecimento dos colegas.  "É uma honra ser escolhido pelos colegas como servidor destaque. Agradeço a todos que me escolheram, como também à secretária Laura Souza e ao vice-governador Luciano Barbosa", diz.