Notícia

EDUCAÇÃO

Secretaria de Estado da Educação de Alagoas
Sexta, 08 Março 2019 15:11
ESCREVENDO O FUTURO

Inscrições para a Olimpíada de Língua Portuguesa podem ser feitas até 30 de abril

Adesão e inscrições devem ser efetuadas pelo portal https://www.escrevendoofuturo.org.br

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Em 2016, Bruno Kawã, de Rio Largo, foi ouro na OLP e recebeu homenagem de Renan Filho e Luciano Barbosa- Valdir RochaEm 2016, Bruno Kawã, de Rio Largo, foi ouro na OLP e recebeu homenagem de Renan Filho e Luciano Barbosa- Valdir Rocha Em 2016, Bruno Kawã, de Rio Largo, foi ouro na OLP e recebeu homenagem de Renan Filho e Luciano Barbosa- Valdir RochaEm 2016, Bruno Kawã, de Rio Largo, foi ouro na OLP e recebeu homenagem de Renan Filho e Luciano Barbosa- Valdir Rocha Valdir Rocha
Texto de Texto: Manuella Nobre

Já estão abertas as inscrições para a 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa e a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) convida todos os municípios alagoanos a confirmarem su2a séries, documentário e 3a série do ensino médio, artigo de opinião.

Na categoria documentário, a novidade desta edição, os estudantes trabalharão em trio, sob a coordenação de um professor e deverão postar o projeto (sinopse, argumento e roteiro) e um vídeo no formato mp4 de, no máximo cinco minutos, incluindo os créditos, no portal da Olimpíada.a adesão e os professores das redes municipais, estadual e federal a efetuarem as inscrições até 30 de abril.

Adesão e inscrições são gratuitas, por meio do portal https://www.escrevendoofuturo.org.br, o qual também disponibiliza o regulamento completo e material orientador aos professores.

Uma iniciativa do Ministério da Educação e do Itaú Social, com coordenação técnica do CENPEC, a Olimpíada de Língua Portuguesa, por meio do programa Escrevendo o Futuro, é um concurso de produção de textos para alunos de escolas públicas de todo o país. O programa também oferece formações aos professores.

Podem participar alunos do 5º ano do ensino fundamental à 3a série do ensino médio, em cinco gêneros textuais: no 5º ano do ensino fundamental, poema; 6º e 7º anos, memórias literárias; 8º e 9º anos, crônica; 1a e 

O tema das produções é “O lugar onde vivo”, que propicia aos alunos estreitar vínculos com as respectivas comunidades e aprofundar o conhecimento sobre a realidade local, contribuindo para o desenvolvimento de sua cidadania.

Finalista – Na última edição da OLP, em 2016, três estudantes da rede municipal de Rio Largo conquistaram medalhas para Alagoas: Bruno Kawã Correia, ouro na categoria poema pela Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Rosineide Tereza Martins da Conceição; Tatiane Vitória da Silva Santos, prata na categoria Crônica pela Escola Municipal Marieta Leão e Júlio Cezar Pinheiro de Melo, prata na categoria Memórias pela Escola Municipal de Ensino Fundamental Esmeralda Figueiredo.

Três alagoanotambém ficaram entre os 38 finalistas nacionais, nos gêneros artigo de opinião e crônica: a estudante Isabele Tenório Santos, na época aluna da Escola Estadual Ana Lins, de São Miguel dos Campos, Natália Samara Nobre, do Instituto Federal de Educação (IFAL), Campus Arapiraca e Alexandre de Freitas Melo, da Escola Professor José Rodrigues Filho.