Notícia

EDUCAÇÃO

Secretaria de Estado da Educação de Alagoas
Terça, 12 Março 2019 13:32
RECONHECIMENTO

Seduc realiza processo seletivo para gerentes regionais de educação

Foram convocados os gestores das escolas municipais com o melhor Ideb; processo já inspira outros estados a adotarem este modelo

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Candidatos se inscrevem no processo seletivo de gerentes Candidatos se inscrevem no processo seletivo de gerentes Foto: Valdir Rocha
Texto de Texto de Ana Paula Lins

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) iniciou nesta segunda-feira (11), o processo seletivo para o cargo de comissão de gerente regional de educação para o biênio 2019-2020. Foram convocados para o processo seletivo os gestores das escolas municipais e estaduais com a maior pontuação no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e que estavam no efetivo exercício da função em 2017, período de aplicação da Prova Brasil – avaliação de larga escala que ajuda a construir o cálculo do Ideb.

As Gerências Regionais de Educação (Geres) existentes funcionam como representações da Seduc, fazendo também uma ponte entre a secretaria e as redes municipais, particulares e federal de ensino. Todas as escolas da rede estadual estão subordinadas a alguma destas gerências.

As 13 Geres estão espalhadas em todo o Estado, da seguinte forma: Maceió é sede da 1ª e 13ª Gerências; Arapiraca, da 5ª; São Miguel dos Campos, da 2ª; Palmeira dos Índios, da 3ª; Viçosa, da 4ª; Santana do Ipanema, da 6ª; União dos Palmares, da 7ª; Pão de Açúcar, da 8ª; Penedo, da 9ª; Porto Calvo, da 10ª; Piranhas, da 11ª e Rio Largo da 12ª.

O processo de escolha dos gerentes regionais tem como referência o Ideb e teve início em 2015, refletindo uma preocupação do governador Renan Filho e do vice-governador e secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa, em reconhecer as escolas e os gestores com os melhores resultados educacionais.

“Quando o governo Renan Filho iniciou sua gestão, entendíamos que, para mudarmos a Educação em Alagoas, era preciso tomarmos certas medidas. Uma delas era a mudança no critério de escolha dos então coordenadores regionais, os quais eram indicados por políticos da região e passavam 15 anos ou até mais, exercendo o mesmo cargo. Quando assumimos, optamos pela meritocracia, convocando para a seleção os gestores das escolas com melhor Ideb”, recorda o secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa.

O processo deu tão certo que já está em sua terceira edição e agora chama a atenção de outros estados que estudam adotar este modelo, a exemplo do Paraná.

Convocação – Foram convocados para a seleção os gestores das escolas com os melhores Idebs registrados nos anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º ano); anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º ano) e ensino médio (1ª a 3ª séries).

Nesta primeira fase, iniciada nesta segunda-feira (11), houve preenchimento de ficha de inscrição, entrega de documentos, títulos e plano de gestão e discussão de caso no horário no Centro de Formação Ib Gatto (Cenfor), no Cepa. Os (as) classificados (as) desta fase serão convocados (as) para entrevistas, as quais serão agendadas individualmente e devem ocorrer entre os dias 13 e 14.