Notícia

EDUCAÇÃO

Secretaria de Estado da Educação de Alagoas
Sexta, 12 Abril 2019 16:57
COMBATE AO BULLYING

Estudantes da rede estadual promovem conscientização sobre bullying

Na Escola Estadual Princesa Isabel, grêmio se uniu aos professores, para chamar atenção para os malefícios desta prática

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Na Escola Estadual Princesa Isabel, grêmio se uniu aos professores, para chamar atenção para os malefícios desta prática Na Escola Estadual Princesa Isabel, grêmio se uniu aos professores, para chamar atenção para os malefícios desta prática (Foto: José Demétrio)
Texto de Ana Carolina Lima

Os alunos da Escola Estadual Princesa Isabel, no Cepa, se uniram nesta quinta-feira (11) para promover a conscientização acerca de um tema que afeta muitos jovens: o bullying.  Na semana em que se comemora o Dia Nacional de Combate ao Bullying ( 7 de abril, instituído pela Lei 13.277/2016), grêmio estudantil e os Docentes Orientadores de Turma (DOTs) uniram forças para discutir o assunto. Na ocasião, peças, apresentações músicas e outras atividades abordaram a temática.

11 04 2019 Projeto Bullying na Escola Princesa Isabel José Demétrio

Segundo a gremista Clécia Maria da Silva Santos, aluna da 3ª série do ensino médio, os jovens precisam compreender o quão danoso é o bullying. Para Clécia, a partir dessa conscientização, os estudantes podem ajudar os amigos e colegas que são alvos desta prática e chamar a atenção dos praticantes para que estes parem de ofender e agredir.

“Esse projeto acaba ajudando muitas pessoas que estão sofrendo a se abrirem, a conversarem sobre seus problemas com os amigos, os professores, diretores e pais, tornando possível o combate à situação. Trabalhar esse tema nas escolas é muito importante porque a gente tem a chance de tirar essas pessoas do sofrimento. Elas passam a ter coragem de expor o que vêm sofrendo”, contou a gremista.

União de forças - Valquiria Balbino, diretora adjunta da unidade, diz que o grêmio é muito ativo e conta como surgiu a ideia do projeto.   “Eles sempre trazem temas para trabalharmos com todas as turmas e neste mês, o bullying foi nosso foco. Eles passaram a ideia para a direção e nós repassamos para os DOTs trabalharem a temática em sala de aula e, para encerrar, preparar uma apresentação”, disse Valquiria.

Com palavras ofensivas em sua pele, a estudante Bárbara Silva, da 2ª série do ensino médio, juntou-se a seus amigos para chamar atenção para o fato de que os xingamentos magoam profundamente as pessoas. O objetivo da apresentação da turma era fazer com que a plateia repensasse antes de julgar os demais.

“As pessoas precisam saber que tudo que fazem e falam tem consequência. Quem pratica o bullying tem que entender que isto é errado e quem presencia esta situação deve intervir para que ela não aconteça outra vez. Temos que ajudar uns aos outros e defender quem não consegue fazer isso por si mesmo. Não dá para ver alguém sofrendo com bullying e ficar quieto”, enfatizou Bárbara.