Notícia

EDUCAÇÃO

Secretaria de Estado da Educação de Alagoas
Segunda, 15 Abril 2019 15:56
CONTROLE SOCIAL

​Luciano Barbosa empossa conselheiros do Fundeb

Barbosa salientou a importância do trabalho realizado pelo Conselho para o repasse financeiro para a educação do estado

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
novos membros do Conselho Estadual de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb. novos membros do Conselho Estadual de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb. Valdir Rocha
Texto de Texto: Ana Carolina Lima

O vice-governador e Secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa, empossou nesta sexta-feira (12) os novos membros do Conselho Estadual de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb. No Salão de Despachos do Palácio do Governo, os conselheiros assinaram o Termo de Posse, firmando a parceria e responsabilidade com a Educação Básica das redes públicas de Alagoas. No biênio 2019/2021, 24 conselheiros discutirão os investimentos da educação alagoana.

Na ocasião, Luciano Barbosa ressaltou a importância do Conselho para o acompanhamento do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) e, consequentemente, na análise da distribuição dos investimentos para a educação em todo o Estado.

Luciano Barbosa empossa Conselheiros do FUNDEB Fotos Valdir Rocha 78

"Nesse biênio, o Conselho precisará discutir não somente aprovações de contas e assuntos pertinentes à receita do fundo, mas também sobre o próprio Fundeb. E é por meio de estudos sobre o financiamento da Educação Básica que o Conselho do Fundeb em Alagoas poderá dar sua contribuição a nível nacional", falou o secretário.

Em prol da Educação - Representando a Secretaria de Estado da Educação e o Poder Executivo e, neste biênio, atuando como conselheiro, Pedro Quintella afirmou que o Conselho funciona como ferramenta de controle social dos recursos voltados para o progresso da educação e melhorias do magistério.

"É muito importante que este Conselho esteja tomando posse para que desenvolva suas atividades, analisando as contas, dando seu parecer de aprovação para que a Secretaria de Educação tenha seus gastos aprovados e continue recebendo recursos. Além de tomar conta das despesas do Estado, ele faz com que a sociedade participe ativamente desse controle financeiro", declarou o Conselheiro.

Poliana Santos, uma das representantes de pais de alunos da educação básica, sempre foi ativa nos conselhos escolares das unidades nas quais seus filhos estudam. Atualmente, seus filhos estudam na Escola Estadual Afrânio Lages, no Cepa.

"Sempre participei ativamente da vida escolar dos meus filhos e vi a oportunidade de me inteirar ainda mais sobre a Educação Pública do Estado. Participando do Conselho, os pais podem descobrir como são feitas as escolhas de investimento. Fazendo parte desse órgão terei a chance de entender melhor sobre a educação", contou Poliana.

Uma nova composição - O Conselho conta com a participação de representantes de oito instituições: Secretaria de Estado da Educação, Undime (União dos Dirigentes Municipais de Educação), AMA (Associação dos Municípios Alagoanos), Pais de Alunos, Alunos da Educação Básica, Seccional da CNTE/Sinteal (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação/Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Alagoas), UBES (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas) e Conselho Estadual de Educação.

Foram empossados como conselheiros: Pedro Quintella, Jarbas Sena, Tércio Alexandre da Silva, Ricardo Moura, Givaldo Bezerra, Willany Félix, Carlos Rubens de Araújo, Neuza Vilela, Pauline Ferreira, Ana Paula Antero, Luis Geraldo Araújo, Pedro Ferro, Maria Valéria da Silva, Suely Nascimento, Poliana Santos, Sheyla Alves, Clécia Maria da Silva, José Martone, Milton Canuto, Cícera Ferreira, Eliziane de Oliveira, Douglas Batista, Marly Vidinha e Valquíria de Lima.

Ao final dos pronunciamentos, Luciano Barbosa sugeriu que a votação para os cargos de Presidente e vice-presidente acontecesse ainda na solenidade. Os presentes decidiram, por unanimidade, que Milton Canuto e Luis Geraldo Araújo ocupem tais posições, respectivamente.