Notícia

EDUCAÇÃO

Secretaria de Estado da Educação de Alagoas
Segunda, 07 Outubro 2019 01:26
GOVERNO PRESENTE

Nova escola vai ampliar oferta de ensino médio em São Sebastião

Assinatura da ordem de serviço ocorreu neste sábado (05) no Distrito de Curralinho; município também será beneficiado com a construção de uma escola indígena para o povo Karapotó

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Governador Renan Filho e secretário Luciano Barbosa deram ordem de serviço para obra que vai ampliar oferta de ensino médio em São Sebastião Governador Renan Filho e secretário Luciano Barbosa deram ordem de serviço para obra que vai ampliar oferta de ensino médio em São Sebastião Valdir Rocha
Texto de Ana Paula Lins

A população de São Sebastião será beneficiada com a ampliação da oferta de ensino médio para a sua juventude. Neste sábado (05), no último dia do Governo Presente, em solenidade no Distrito do Curralinho, o governador Renan Filho e o vice-governador e secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa, assinaram ordem de serviço para a construção de uma nova escola no município. 
 
Terreno onde será construído nova escola foto Valdir Rocha
 
A nova unidade de ensino tem capacidade para 780 alunos e contará com 12 salas de aula, auditório, biblioteca, sala de informática, laboratório de ciências, sala do grêmio estudantil, quadra coberta e campo de futebol society. A obra se junta às seis escolas em construção pela Seduc nos municípios de Marechal Deodoro (povoado de Massagueira), Junqueiro, Rio Largo, Campo Alegre (Distrito de Luziápolis), Delmiro Gouveia e Senador Rui Palmeira.
 
IMG 1246 Copia
 
Na ocasião, o governador Renan Filho anunciou que São Sebastião também ganhará uma escola indígena de quatro salas para a comunidade Karapotó.
 
O vice-governador e secretário de Educação, Luciano Barbosa, conta que a construção da nova unidade de ensino atende a uma solicitação antiga da comunidade e ofertará uma estrutura educacional mais ampla para juventude local.
 
Renan Filho e Luciano Barbosa anunciaram duas escolas novas para São Sebastião foto Valdir Rocha 2
 
“São Sebastião precisava de uma nova escola há muito tempo e, agora, essa demanda será atendida. É uma escola completa e, tenho certeza, terá um impacto muito positivo junto à população, pois não só ampliará a oferta de ensino médio, mas também contemplará a juventude com um espaço de educação, lazer, cultura e prática esportiva”, destaca Barbosa.
 
Escola Estadual Felix de Carvalho não comporta demanda foto Valdir Rocha
 
Lotação – A única unidade de ensino médio existente na cidade é a Escola Estadual Professor José Félix de Carvalho Alves. Com nove salas de aula, a escola unidade conta com 1.246 estudantes matriculados no Ensino Médio Regular e Educação de Jovens e Adultos (EJA). No entanto, a estrutura existente ainda não atende à demanda existente no município. Fora isso, a unidade ainda recebe estudantes da comunidade indígena Karapotó e de cidades vizinhas.
 
Diretor Genilson da Silva diz que falta de vagas fazia alunos irem para outras cidades foto Valdir Rocha Copia 1
 
“Por ano, em média, 200 jovens têm que se deslocar para Arapiraca ou Junqueiro para poder cursar o ensino médio, pois, infelizmente, nossa escola não tem como atendê-los. Com essa nova escola, isso não será mais necessário Além disso, ela ficará mais próxima para estudantes que residem em povoados como o Curralinho, que, atualmente, precisam pegar dois ônibus para chegar à nossa escola no Centro da cidade”, informa Genilson da Silva, diretor da Escola Félix de Carvalho.
 
Denise Feitosa espera que escolas oferte atividades diversificadas fotos Valdir Rocha Copia
 
Alunas da 1ª série do ensino médio da Félix de Carvalho, Denise Feitosa e Janiele Pereira também celebram a chegada da nova instituição de ensino. “Acreditamos que será um espaço que vai estimular o esporte e a criatividade dos alunos, com atividades como robótica, teatro e aulas práticas em laboratórios”, pontuam as garotas.
 
Janiele acredita vai incentivar esporte e aulas mais interativas fotos Valdir Rocha
 
Prova – Na ocasião, o secretário Luciano Barbosa também se demonstrou confiante em relação ao desempenho dos estudantes alagoanos na prova do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB), que será aplicada entre os dias 21 de outubro e 01 de novembro em todo o Brasil. A avaliação mede a qualidade do ensino brasileiro e serve de base para o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB).
 
IMG 1239
 
“Acredito no alunado de São Sebastião e de todo estado de Alagoas, seja ele da rede estadual ou municipal. Vejo uma grande mobilização e o empenho dos educadores para a melhoria da aprendizagem dos nossos estudantes”, avalia Barbosa.