Notícia

EDUCAÇÃO

Secretaria de Estado da Educação de Alagoas
Sexta, 10 Julho 2020 16:16
RECONHECIMENTO

Seduc promove lançamento estadual do Prêmio Gestão Escolar

Evento ocorreu em live nesta quinta-feira (09) nas redes sociais da secretaria; premiação, que vai reconhecer ações exitosas da rede pública durante a pandemia, está com inscrições abertas até 15/08 pelo site premiogestaoescolar.com.br

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Evento ocorreu em live nesta quinta-feira (09) nas redes sociais da Seduc Evento ocorreu em live nesta quinta-feira (09) nas redes sociais da Seduc Reprodução
Texto de Ana Paula Lins

Mostrar como a escola pode se reinventar e fazer a diferença na vida de seus alunos e em sua comunidade mesmo em um período de afastamento e isolamento social. Esta é a proposta da edição 2020 do Prêmio Gestão Escolar (PGE) - iniciativa do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e que está com inscrições abertas até o dia 15 de agosto pelo site premiogestaoescolar.com.br.  O lançamento oficial do PGE em Alagoas ocorreu nesta quinta-feira (09) em live transmitida pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) em suas redes sociais.

O evento contou com a participação da secretária de Estado da Educação, Laura Souza; de Genilma Barros, gerente de Desenvolvimento da Gestão das Unidades de Ensino da Rede Estadual na Seduc; de Glauciane Veiga, secretária de Educação de Limoeiro de Anadia e coordenadora do PGE na União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e de Marisa Costa, Mestra em Educação e Consultora de Políticas Educacionais da Fundação Lemann.

Este ano, a premiação, que evidenciará ações criativas adotadas pelas instituições para dar continuidade à aprendizagem de seus estudantes, reconhecerá não só o gestor, mas toda a equipe escolar.

Oportunidade - A secretária Laura Souza aproveitou a ocasião para convocar gestores da rede estadual e municipais para se inscreverem na iniciativa.

“Estamos atravessando momentos difíceis, onde tivemos que pensar uma nova escola. E o Prêmio Gestão reflete esse desafio. Tenho visto práticas excelentes em nossas unidades de ensino e que merecem ser expostas para todo o país. Por isso, faço esse chamamento aos gestores da rede pública para que façam sua inscrição, compartilhem suas experiências e mostrem o que a Educação Pública de Alagoas é capaz de fazer”, frisou a secretária.

laura4

Novos desafios - Glauciane Veiga, coordenadora do prêmio pela Undime, ressaltou que o isolamento social adotado para conter o avanço do coronavírus mostrou que a escola continua sendo espaço de aprendizagem mesmo sem estar aberta.

“Nossos educadores são heróis e se reinventam todos os dias. As famílias também desempenham papel importante, tendo um papel cada vez mais ativo na aprendizagem de seus filhos”, observou.

glauciane

Marisa Costa lembrou que a pandemia colocou os gestores escolares frente a um cenário nunca antes vivenciado. “Empatia e coletividade são palavras estratégicas para esse momento e que ajudam a driblar os desafios atuais. E neste cenário, o Prêmio Gestão Escolar se torna ainda mais importante, pois, como todos estamos vivendo esse desafio ao mesmo tempo, é fundamental que as escolas compartilhem o que tem feito para enfrentá-lo”, avalia a consultora da Fundação Lemann.

marisa6

Experiências - Ainda durante a live, gestoras de escolas estaduais e municipais de Alagoas  mostraram algumas práticas que empreenderam neste período de isolamento. Maria Araújo, diretora da Escola Estadual Deputado José Medeiros, de Paulo Jacinto - vencedora da etapa estadual do prêmio em 2003 e 2005 – contou que a escola tem buscado parcerias com a comunidade para chegar aos alunos. “Usamos carros de som, fomos à rádio local e temos trabalhado de forma lúdica, com atividades como o concurso de fotografia”, informa.

Situação similar à da Escola Estadual Egídio Barbosa, na zona rural de Palmeira dos Índios. Weudja Costa, diretora da unidade,  relata que, com os alunos morando a uma distância de até 16 km da escola, foi preciso inovar para o envio das tarefas do Regime Especial de Atividades Escolares Não Presenciais (REAENP). “Em cada localidade, conseguimos um mercadinho ou um pai para ser a ponte com o aluno. As apostilas seguem em saquinhos individuais e, depois de resolvidas, são devolvidas para nós por um pai ou ex-aluno”, destaca Weudja.

weudja

Para Silvânia Gouveia, diretora da Escola Municipal Vereador José Wilson, de Coruripe, a pandemia fortaleceu ainda mais a união da equipe e seus laços com a comunidade. “Não perdemos o vínculo com nossos alunos e nossa equipe está ainda mais forte. Atendemos a um público que vai da creche à Educação de Jovens e Adultos e temos investido em formações de professores e ações de incentivo à leitura”, enumera Silvânia, cuja escola é detentora do maior IDEB do Brasil em 2017, atingindo a marca de 9,9.
silvania5